A deputada federal Gorete Pereira (PR) articulou reunião do governador Camilo Santana com representantes da Associação Empresarial de Indústrias (Aedi), na tarde desta segunda-feira (28.07), para discutir a criação de um plano de contingenciamento de riscos e um “porto seco” na área do Distrito Industrial de Maracanaú, que interligue o polo aos portos do Pecém e de Mucuripe. Durante a reunião, ficou acertado que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE) vai realizar estudos preliminares sobre a implantação do “porto seco”.

“Saímos da reunião muito otimistas e feliz com a determinação do governador Camilo Santana em realizar estudos preliminares para atender às demandas da Aedi e, em especial, com a possibilidade de criação do “porto seco” o mais breve”, ressaltou a deputada Gorete Pereira.

Na área de segurança, Camilo Santana sinalizou também com a possibilidade de criação da Unidade de Segurança Modelar – Delegacia de Polícia Civil, unidade do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar nos moldes do modelo voltado aos turistas – no Distrito Industrial de Maracanaú.

Paralelo ao Porto Seco (Estação Aduaneira Interior e Depósito Alfandegário), a deputada Gorete e os empresários solicitam ao Governador a integração das Estações Metroviárias contíguas – Estações Alto Alegre, Rachel de Queiroz e Virgílio Távora – às vias de acesso do DIF 1; e requalificação dos acessos rodoviários da DIF 3, em especial a Avenida José Tarcísio Mota.

Outra demanda apresentada foi a regularização do terreno do Distrito Industrial 3 de Maracanaú, de modo a possibilitar a lavratura da escritura definitiva em favor das empresas adquirentes da área.